Redobrar esforços para reforçar a CDU

Ver Galeria
Arruada em Benfica
Arruada em Benfica
Arruada em Benfica
Arruada em Benfica
Arruada em Benfica
Arruada em Benfica

«Que nenhuma conversa fique por fazer – com um familiar, um amigo, um vizinho um colega de trabalho – para garantir mais e melhores condições para avançar». Foi com um apelo à mobilização dos activistas e apoiantes que João Ferreira encerrou a arruada com que hoje de manhã se iniciou a jornada de campanha da CDU.

Aproveitando o habitual buliço de sábado junto ao mercado de Benfica, o cabeça-de-lista da coligação PCP-PEV contactou com populares e comerciantes, nunca se furtando à conversa e a explicações. De resto, a CDU não teme interpelações e muito menos comparações, ostentando um notável trabalho realizado nos últimos anos no Parlamento Europeu (PE).

Isso mesmo assinalou João Ferreira em declarações oferecidas à comunicação social a meio do percurso, designadamente criticando um ranking hoje publicado que este usa dados subjectivos para concluir da «influência» dos deputados portugueses.

Ser influente em decisões que prejudicam os trabalhadores e o nosso País não é motivo de orgulho, realçou João Ferreira, que convocou estatísticas objectivas e oficiais do PE para lembrar que não há deputado nacional que tenha uma melhor performance do que os eleitos pelo PCP-PEV.

Já no fim da iniciativa, o primeiro candidato de comunistas e ecologistas ao PE retomou a ideia reafirmando que «não são todos iguais», pois «houve quem lá estivesse a defender os trabalhadores e o povo», e quem lá estivesse com outros propósitos e amos.

«Há uma certeza que têm que ter todos aqueles que votam na CDU: Não andamos aqui só nas eleições, mas a força com que sairmos destas é a força com a qual os trabalhadores e povo vão contar nas batalhas que hão-de vir».

Nesse sentido, apelou ao «redobrar de esforços» para «levar mais longe» a CDU.

Partilha