Santa Maria da Feira

Huber Tricot é exemplo da política de baixos salários

Jerónimo de Sousa iniciou o dia de quinta-feira, 14, no distrito de Aveiro, ouvindo e sentindo, de forma emotiva, os problemas e reivindicações de quem trabalha na Huber Tricot, exemplo da exploração laboral que percorre o País. Uma vez mais, o Secretário-Geral do PCP defendeu o aumento do salário mínimo nacional para os 600 euros.

Aproveitando a hora de almoço daquela empresa de vestuário de Santa Maria da Feira, Jerónimo de Sousa – acompanhado, entre outros candidatos, por Antero Resendo, cabeça-de-lista da CDU à Câmara Municipal – contactou, olhos nos olhos, com os trabalhadores [95 por cento são mulheres] que reclamam aumentos no salário e melhores condições de trabalho.

Para além das condições de trabalho precárias, por a empresa recorrer sistematicamente a trabalho extraordinário, para cumprir os prazos de encomendas a todo o custo, os ordenados destes operários especializados não são actualizados há vários anos.

Jerónimo de Sousa – que recebeu em mãos o apoio à CDU de 89 dirigentes de organizações de trabalhadores do distrito – alertou para a desregulação dos horários e para a pressão sobre os trabalhadores [mais de 200] em articular a vida profissional com a familiar. Preocupante é também o acentuar das doenças profissionais.

«São mulheres, na sua esmagadora maioria, que têm os salários baixos, ganham dois euros acima do salário mínimo nacional, têm problemas com a organização do tempo de trabalho feito pela própria empresa», situação que «leva a dificuldades familiares, profissionais e pessoais», descreveu Jerónimo de Sousa, lembrando que não é a primeira vez que o Partido ali esteve, na reivindicação do aumento dos salários e pelo direito à contratração colectiva».

Por isso as próximas eleições autárquicas são tão importantes, pelo que representam no plano local, mas também pelo que podem contribuir para dar força à luta. Mais votos na CDU são a garantia de poder dar novos passos e avanços na resposta aos problemas do País, dos trabalhadores e do povo.

Partilha

CDU - Coligação Democrática Unitária - PCP-PEV | Eleições Autárquicas 2017