Silves

Entusiasmo e confiança no reforço da maioria em Silves

Jantar da CDU reúne 600 pessoas

«Estamos convictos de que o povo deste concelho de Silves não vai deixar de reconhecer a absoluta diferença para melhor que resulta da gestão da CDU», afirmou Jerónimo de Sousa no grande jantar que reuniu 600 pessoas em Silves

«Estamos convictos de que o povo deste concelho de Silves não vai deixar de reconhecer a absoluta diferença para melhor que resulta da gestão da CDU», afirmou Jerónimo de Sousa no grande jantar que reuniu 600 pessoas em Silves. Perante uma assistência entusiasmada e participativa, o dirigente do PCP valorizou ainda o «notável trabalho realizado na recuperação financeira do município e da sua credibilidade; na importante obra e investimentos realizados e em curso; na intervenção e iniciativa própria na promoção das potencialidades produtivas e da economia do concelho; no apoio às lutas das populações na concretização das suas justas reivindicações, nomeadamente no direito à saúde».

Após destacar a disponibilidade e compromisso com o projecto autárquico da CDU demonstrados pelos candidatos aos órgãos municipais e de freguesia do concelho de Silves, muitos dos quais independentes, o Secretário-geral garantiu que coligação PCP-PEV é a força «com soluções e propostas, capaz de assegurar na gestão das autarquias a resposta necessária ao progresso e desenvolvimento locais». A prova disso, realçou, está não apenas no concelho de Silves como no trabalho e obra realizados nos restantes 33 municípios e quase duas centenas de freguesias geridas pela CDU.

Antes, a actual presidente da Câmara Municipal e candidata a um novo mandato, Rosa Palma, realçou o notável trabalho realizado pela actual maioria, que inverteu o rumo desastroso que o executivo anterior, do PSD, há muito vinha encetando. A autarca valorizou em particular a interrupção da privatização da água, saneamento e higiene urbana, que estava em marcha em 2013, a consagração do horário de 35 horas e de 25 dias de férias para os trabalhadores do município e a afirmação de Silves a nível regional e nacional. Tudo o que se conseguiu, frisou Rosa Palma, foi com «organização, empenho, espírito de missão e trabalho colectivo». É esta a fórmula para o futuro, garantiu.

O comício que se seguiu ao jantar contou ainda com as intervenções de Vítor Rodrigues, primeiro candidato à Assembleia Municipal, e Joaquim Correia, do Conselho Nacional do Partido Ecologista «Os Verdes», que reafirmou o total empenhamento dos ecologistas no projecto de transformação da sociedade protagonizado pela CDU. Ao palco foram chamados ainda, para além dos oradores, dirigentes regionais e nacionais do PCP, os primeiros candidatos da CDU às câmaras municipais do Barlavento algarvio e os cabeças de lista às freguesias do concelho de Silves.

Luísa Luís, actual vereadora e novamente candidata da CDU, que apresentou a sessão, adiantou, antes, os objectivos da coligação para o concelho: reforçar a maioria na Câmara, eleger mais elementos para a Assembleia Municipal e manter a presidência das actuais juntas e conquistar novas maiorias. Terra com uma longa e rica história, da presença árabe às lutas dos corticeiros, Silves tem hoje um presente à altura do seu passado e um futuro promissor!

Partilha

CDU - Coligação Democrática Unitária - PCP-PEV | Eleições Autárquicas 2017