Beja

CDU é a diferença que se vê!

Mais de 600 em almoço em Beja

Jerónimo de Sousa partiu de Castro Verde para um almoço-comício organizado na cidade de Beja, aonde o esperavam pelo menos 600 apoiantes e amigos da CDU.

Dando continuidade à jornada de iniciativas de campanha agendadas para este fim-de-semana, Jerónimo de Sousa partiu de Castro Verde para um almoço-comício organizado na cidade de Beja, aonde o esperavam pelo menos 600 apoiantes e amigos da CDU.

Já no período de intervenções, subiram ao palco João Rocha, primeiro candidato e actual Presidente da Câmara Municipal, João Dias, cabeça-de-lista à Assembleia Municipal, José Luís Ferreira, deputado do PEV, Jerónimo de Sousa e os candidatos às 12 freguesias do concelho.

O primeiro a ocupar a tribuna foi João Rocha, que em conjunto com a equipa CDU procura renovar o seu mandato. O cabeça-de-lista apontou como prova da eficácia da gestão municipal toda a obra realizada, isto apesar da herança deixada pelo anterior executivo PS, designadamente o endividamento do município.

«Muito se fez nestes últimos quatro anos. A obra está à vista», disse, sublinhando que a Coligação PCP-PEV foi capaz de investir em Beja. Estradas e ruas foram asfaltadas e arranjadas; a rede de esgotos e a de abastecimento de água foram requalificadas; emprego foi criado com a venda de lotes de terreno a preço simbólico; a cultura foi dinamizada com realização de eventos culturais gratuitos, acrescentou o candidato.

João Rocha advertiu ainda que «o que falta fazer» é da responsabilidade do actual Governo, que ainda não cumpriu o que prometeu. O presidente da Câmara e recandidato referia-se à eletrificação da linha ferroviária e a requalificação do IP8.

José Luís Ferreira tomou de seguida a palavra, insistindo que «a CDU tem candidatos e projecto para Beja. Falta o mais fácil, levar a nossa palavra a toda a gente» – disse o deputado do Partido Ecologista.

A última intervenção do almoço, a de Jerónimo de Sousa, focou-se nas conquistas e avanços protagonizados pelo PCP e pela CDU, tanto no concelho de Beja como a nível nacional.

Neste último âmbito, valorizou o aumento das pensões de reforma que abrangeu «mais de 2 milhões de reformados com pensões até 631 euros», a gratuitidade dos manuais escolares das crianças do 1º ciclo, beneficiando «cerca de 370 mil crianças».

«Aprove-se o projecto de lei do PCP, a aguardar discussão na Assembleia da República, e que visa a criação das regiões administrativas até 2019», reclamou, por outro lado o Secretário-geral do PCP, que lançou ainda outro desafio ao PS: «assegurar que a medida abranja a escolaridade obrigatória», disse, considerando o Orçamento do Estado para 2018 «uma oportunidade para fazer esse caminho, alargando ao 2.º e 3.º ciclos, levando a gratuitidade dos manuais escolares tão longe quanto possível».

A iniciativa terminou com o apelo final de Jerónimo de Sousa – «Quanta mais força for dada à CDU, mais força teremos para avançar em todos os concelhos e freguesias do país».

Partilha

CDU - Coligação Democrática Unitária - PCP-PEV | Eleições Autárquicas 2017