Moita

A CDU tem Casa Feita na Baixa da Banheira

Jerónimo de Sousa passou pelo concelho da Moita nesta manhã de quinta-feira, local onde participou com os candidatos da CDU numa grande arruada que juntou mais de 200 pessoas.

Ao som da boa animação dos «Charunga Hugo Rosário», as ruas da Baixa da Banheira encheram com volume de pessoas que participaram na arruada da CDU. Iniciativa que percorreu as ruas da localidade à conversa com a população e comerciantes, envolvendo muitos cumprimentos, abraços e beijinhos nesta dinâmica arruada com intervenções no final.

Rui Garcia, cabeça-de-lista à Câmara da Moita, focou a sua intervenção nas muitas provas dadas que a CDU tem à frente do concelho, apesar das dificuldades sentidas, «casa feita tijolo a tijolo». Obra feita com orgulho para o qual é essencial que todos trabalhem para confirmar nas urnas a vitória da CDU. Que «ninguém relaxe» apelou o candidato, enquanto incentiva as pessoas a irem «votar e votar bem» pois são «as nossas comunidades que estão em causa!».

Já José Luís Ferreira salientou que as populações da Moita têm muitas razões para votar na CDU. Para o dirigente d’Os Verdes, a extinção das freguesias à revelia das populações deve ser questão central de luta nestas autárquicas e é fulcral lembrar às pessoas que o PS, que se diz defensor do Poder Local, votou juntamente com a direita contra as propostas dos partidos da CDU para a justa reposição daquilo que foi tirado.

Por outro lado, Jerónimo de Sousa agradeceu a calorosa recepção e lembrou a importância da Moita, concelho de trabalhadores, de luta e resistência. Para o Secretário-Geral do PCP é fundamental que ninguém deixe de votar no domingo porque, contrário ao que dizem, «isto não é canja». «O voto na CDU vale por dois» gritou Jerónimo, fundamental para dar força à vida das pessoas e porque «lutamos pelos problemas vivos, tomamos uma opção de fundo, e lutamos por aqueles que menos têm e menos podem.».

Partilha

CDU - Coligação Democrática Unitária - PCP-PEV | Eleições Autárquicas 2017